9 coisas que você não deve proibir ao seu filho

De acordo com psicólogos, as crianças se sentem mais seguras e tranquilas quando os pais impõem limites. No entanto, há algumas proibições, que acabam comprometendo o desenvolvimento dos pequenos, que se tornam inseguros de si mesmos.

Incrível.club resolveu compartilhar coisas que você deve permitir que seus filhos façam. No futuro, eles irão agradecer.

1. Fazer perguntas

Ao crescer, a criança explora o mundo. Naturalmente, muitas perguntas surgirão em sua mente. E é claro que os pais podem achar difícil encontrar tempo para os filhos após um dia longo no trabalho. Mas quando passamos alguns momentos com os pequenos, respondendo às suas perguntas, lendo e brincando com eles, não apenas ajudamos em seu desenvolvimento, como também criamos um vínculo forte, fazendo com que a relação entre pais e filhos se mantenha saudável até com o passar de muitos anos.

2. Chorar

Crianças pequenas se impressionam com tudo o que acontece ao seu redor. Ficar triste é algo normal para todos, inclusive para as crianças. Não as proíba de chorar, e não se envergonhe por isso. Em vez disso, tente resolver a situação: entenda porque seu filho chora e tente resolver aquilo que o incomoda.

3. Ser um tanto egoísta

Seu filho tem todo o direito de dispôr das próprias coisas da mesma forma como os adultos o fazem. Assim, não chame seu filho de egoísta. Também evite dizer coisas como: "Veja só, todo mundo está reclamando por você ser tão egoísta".

4. Dizer "não"

Seu filho não é um súdito, é um membro da família que tem seus direitos. Proibir que ele diga "não" significa romper seus limites. Pense numa forma de chegar a um acordo ou explique ao pequeno porque nem sempre ele pode fazer o que quer.

5. Fazer barulho

Não proíba que seus filhos curtam a infância: deixe que cantem alta e façam barulho na rua. Esta fase da vida nunca se repetirá.

6. Sentir medo

As crianças pequenas podem sentir medo de ir ao médico ou tomar uma injeção, isso é algo totalmente normal nesta idade. Em vez de fazer seu filho sentir vergonha dos próprios medos, explique a ele que não há razão para ficar amedrontado: segure-o pela mão e abrace-o para que ele saiba que você está ao seu lado.

7. Ter segredos

Conforme as crianças vão crescendo, precisam de mais espaço pessoal. Claro que os pais devem acompanhar a vida dos filhos, mas também respeitar sua privacidade. Afinal, a confiança por parte do seu filho é algo que não tem preço, e você não deve colocá-lo em risco tentando descobrir seus segredos.

8. Sentir certa irritação e inveja

Uma criança é uma pessoa como qualquer outra, e tem direito a sentir emoções negativas: irritação, inveja, etc. Os pais devem lembrar que a força de vontade ainda não está totalmente desenvolvida nesta idade, por isso é mais difícil para a criança se controlar. Se uma de suas emoções parece "ruim", não quer dizer que a criança não deva demonstrá-la.

9. Cometer erros

Todos nós temos medo de cometer erros, mais ainda quando há alguém nos apressando a fazer determinada coisa. O mesmo acontece com as crianças: quando um adulto apressa ou reclama por a criança ter, por exemplo, abotoado equivocadamente a própria roupa, não é de surpreender que o pequeno perca toda a vontade de fazer algo por conta própria. Ele sentirá medo de virar alvo de reclamações novamente.

 
CURSO DE MEDITAÇÃO

https://incrivel.club/inspiracao-criancas/9-coisas-que-voce-nao-deve-proibir-ao-seu-filho-245710/

VOCÊ CURITU O SITE?
  • SIM

  • NÃO