Nossos pensamentos e sentimentos alteram nosso DNA

Autora  – Márcia Fernandes

Emoções e pensamentos afetam nosso DNA

Já sabemos que emoções, sentimentos e pensamentos negativos nos prejudicam e muito. Ao longo do tempo, venho escrevendo sobre isso.

Infelizmente, nosso desequilíbrio emocional gera doenças, mais especificamente, doenças físicas, da alma, conflitos com as pessoas, tristeza interior, depressão, portanto, atrairemos más vibrações e consequências para nossa vida.

Atualmente, muitas pesquisas científicas nos certificam de que nossos sentimentos e pensamentos influenciam sim sobre nosso corpo físico, melhor dizendo, sobre nossa existência como um todo. Muitos estudos constatam que nosso DNA é vulnerável, passível a tudo que sentimos, portanto, temos sim poder de autocura.

Nosso DNA nada mais é que um composto orgânico cujas moléculas contêm as instruções genéticas que coordenam o desenvolvimento e o funcionamento de todos os seres vivos, sendo seu principal papel armazenar as informações necessárias para a construção de proteínas e RNA, então, trocando por miúdos, nosso DNA significa nossa origem genética.

Estudos e pesquisas comprovam o que estamos dizendo neste blog. Gregg Braden, pesquisador no Instituto Heart Math, nos EUA, descreve em seu livro “Awakening to zero point” (Despertando no Ponto Zero), experimentos realizados no instituto com a finalidade de avaliar as interferências de nossas emoções sobre nosso DNA.

O experimento consistiu na observação do DNA na placenta humana. O DNA foi colocado em um recipiente onde podiam ser medidas suas alterações. Em seguida, foram distribuídas 28 amostras em tubos de ensaio. Cada investigador com sua amostra (um para cada um). Eles foram treinados para gerarem e emitirem sentimentos de amor, compaixão, otimismo, raiva, medo, stress etc.

Os resultados do experimento foram inéditos! O DNA alterou de forma conforme as emoções sentidas pelos investigadores. Para os sentimentos de amor, gratidão, compaixão sobre o DNA, o pesquisador constatou que o DNA respondia relaxando e seus filamentos se esticaram, ficando assim mais longos. Além disso, os códigos considerados positivos no DNA tornaram-se mais ativos e equilibrados.

Já para os sentimentos de raiva, medo, stress sobre o DNA, sua resposta foi o encolhimento, tornando-se mais curto e por incrível que pareça, muitos códigos positivos se apagaram. Tais códigos somente voltaram à normalidade de funcionamento quando os investigadores voltaram a emitir sentimentos de amor, gratidão, otimismo, compaixão.

Em resumo, os investigadores treinados para emitirem sentimentos positivos foram capazes de modificar a forma de seu DNA. Isso não é maravilhoso, gente? É claro, fantástico!

O pesquisador Gregg Braden afirma com veracidade que os resultados obtidos nesse experimento reforçam a ideia de que o SER HUMANO poderá sim influenciar toda a criação por meio de suas emissões mentais e emocionais.

Mais uma vez, eu digo por aqui: somos o que pensamos e sentimos, mas isso em toda verdade de nossa essência. Não adianta falar que está tudo bem com seus pensamentos e sentimentos se, no fundo de sua alma, suas emoções não estão resolvidas. É preciso sentir alegria, compaixão, harmonia, equilíbrio, amor, otimismo, ter fé diante da vida. Libertar-se das mágoas, dos rancores, das situações mal resolvidas através do perdão verdadeiro já é um grande começo para uma vida nova e mais feliz.

Sejamos mais humildes para resolvermos as mazelas de nossas emoções. Mais que as pesquisas nos provando que as consequências existem, então, vamos virar a mesa de uma vez por todas e botar uma rédea definitiva e positiva em nosso caminho existencial.

Mude o foco de sua vida já! Prefira ouvir sábias palavras, dê um novo significado de vida para você, mude a posição de seus pensamentos e sentimentos, fique na sintonia positiva da essência Divina, fique na luz, mantenha-se ligado com seu EU Superior e Divino. Esta atitude é urgente para todos! Tente, pois seu DNA reconhecerá suas atitudes e lhe parabenizará com gratidão!

Saiba como assumir o controle de sua realidade com essa vídeo aula

Márcia Fernandes

Fonte de pesquisa:

Fonte – Blog Marcia Fernandes

http://animamundhy.com.br

VOCÊ CURITU O SITE?
  • SIM

  • NÃO